6 dicas muito fáceis de como economizar em viagens

1. Alimentação

Uma boa refeição faz parte da experiência de viajar. Mas já pensou em conhecer lugares diferentes e mais em conta? Procure dicas de moradores da cidade sobre restaurantes interessantes e com preços atrativos. Os estabelecimentos em locais mais turísticos costumam ser mais caros. Fuja deles!

Uma sugestão é você escolher um lugar mais bacana em cada destino. Aproveite para curtir o local, a culinária diferente e a cultura da cidade. Afinal, a experiência do comer também tem seu papel em uma viagem. Um exemplo: se estiver viajando a dois, escolha um restaurante mais romântico e garanta uma noite especial para seu(sua) amado(a)..

 

2. A escolha do hotel

Alguns acreditam que para economizar você precisa fugir das áreas mais turísticas e centrais. É verdade que algumas vezes as zonas mais afastadas possuem opções de estadia mais baratas, mas não deixe de considerar a distância e o custo do transporte até os principais pontos turísticos da cidade.  Às vezes o que você gastará com deslocamento não compensará a economia gerada com a hospedagem.

Há sites especializados em comparação de preço de hotel como o Trivago e o Mundi. Uma boa alternativa, para garantir um bom preço, é usá-los.

3. Evite a alta temporada

Não tem jeito. Viajar em dezembro/janeiro e julho ainda sai mais caro aqui no Brasil. Maio e setembro são os melhores meses para viajar. São meses menos procurados e, por isso, ofertas e descontos são comuns nestes períodos. Um bom exemplo é que muitas escolas brasileiras encerram o ano letivo no início de dezembro, quando ainda não é alta temporada nos Estados Unidos. Quem sabe sua oportunidade não esteja aqui?

Dica importante: acompanhe o preço das passagens em sites que fazem comparação de preços de todas as companhias aéreas como o Decolar.com, Skyscanner e Melhores Destinos. Fique de olho nas promoções!

 

4. Vá de metro (ou ônibus)

Um excelente jeito de você economizar dinheiro é usar o transporte público. A depender da cidade pode ser até mais rápido. Além de ser normalmente mais barato que alugar um carro ou pegar um táxi, você conhece um lado diferente da cidade. Em algumas cidades, como Nova York ou Londres, o metrô chega a ser uma atração turística!

 

5. Câmbio

Nas viagens internacionais é preciso lidar com o câmbio e as variações das moedas estrangeiras. A melhor forma de evitar que a variação cambial chegue de surpresa é estipular o valor que será gasto na viagem e dividir esse montante pelo número de meses que falta até o dia da partida. Por exemplo, você pretende gastar dois mil dólares em compras durante sua viagem a Miami e ainda faltam cinco meses para o embarque. Dividindo dois mil por cinco, você precisará comprar 400 dólares por mês. Assim você diminui os riscos e garante um preço médio.

 

Em resumo: a recomendação é comprar um pouco da moeda por mês, evitando assim ser prejudicado por grandes picos na variação cambial no momento da compra.

 

6. Faça as contas

Não tem jeito! Para economizar é preciso fazer contas. É preciso comparar os mais diversos produtos e serviços para ver qual vale mais a pena. Não deixe para fazer tudo na última hora e às pressas. E calcule tudo, até mesmo o café da manhã (se não estiver incluído na diária) ou o souvenir. Isso faz toda diferença no orçamento final.

Que tal colocar em prática essas dicas na sua próxima viagem?
Assim fica fácil economizar em viagens!

 

SBTUR - Quiz da viagem Banner

 

Fique mais próximo da viagem dos seus sonhos. Conheça o Plano de Viagens SBTUR!

QUERO VIAJAR

Continue a leitura

A viagem perfeita, conteúdo exclusivo

Faça parte de um grupo seleto que viaja todo ano. 50.000 pessoas recebem nossas dicas gratuitamente.

Respeitamos sua privacidade. Você está 100% seguro!

Não encontrou o que estava procurando?

Copyright © SBTUR Viagens S.A. | Todos os direitos reservados. | Feito com ❤ em Floripa