Viagem boa e barata: destinos internacionais

Conhecer lugares, gastando pouco, é uma equação perfeita para quem almeja explorar o mundo e aproveitar um dos melhores prazeres da vida que é viajar. Conheça 5 destinos internacionais que permitem você realizar uma viagem boa e barata:

 

Viagem boa e barata: Santiago, Chile

 

viagem boa e barata: chile
Plaza de Armas em Santiago do Chile, Chile

 

Com a Cordilheira dos Andes como cenário, Santiago tem diversas atrações no seu interior. Sendo que as principais não custam mais do que R$ 25. Bons exemplos são o Museu de Arte Precolombino e os passeios para o Vale Nevado e a Concha Y Toro, maior vinícola do Chile. Estes saem por menos de 150 reais, com traslado. A alimentação na capital chilena também pode sair barata: por lá é fácil encontrar jantares por R$ 30 reunindo inclusive degustação de vinhos locais. Além disso, quase tudo pode ser feito a pé.

 

Valor médio das passagens (ida e volta a partir de São Paulo e trechos internos): R$ 1.583 por pessoa

Gasto médio diário com alimentação, atrações e transporte: R$ 70 por pessoa

 

Viagem boa e barata: Cartagena, Colômbia

 

viagem boa e barata: colômbia
Cartagena, Colômbia

 

Com lindas praias e arquitetura singular, que podem ser visitadas sem nenhum custo! Cartagena é um dos principais destinos turísticos da Colômbia, sendo a quinta maior cidade do país. As casas coloridas e a beleza natural levaram o local a se tornar um Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco. Algumas atrações turísticas custam menos de R$ 20, mas o melhor são os tours para ilhas paradisíacas da região, que custam cerca de R$ 70.

 

Valor médio das passagens (ida e volta a partir de São Paulo e trechos internos): R$ 2.755 por pessoa
Gasto médio diário com alimentação, atrações e transporte: R$ 63 por pessoa

 

 

Viagem boa e barata: Cracóvia, Polônia

 

viagem boa e barata: polônia
Cracóvia, Polônia.

 

A Polônia é um destino pouco frequente no roteiro de turistas que visitam a Europa. Trata-se, porém, de um país com tesouros culturais, cidades medievais, castelos e grandes atrações. Cracóvia, no sul do país, é um desses locais imperdíveis. O pequeno centro histórico da cidade sobreviveu aos desastres da Segunda Guerra Mundial e hoje é considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Com um dos custos de vida mais baixos da Europa, a cidade é uma das opções de viagem mais baratas do continente. O Índice BigMac, uma forma inusitada de medir o custo de vida elaborada pela revista The Economist, é um exemplo. A última pesquisa mostra que o sanduíche BigMac na Polônia é vendido por 2,48 dólares, enquanto nos Estados Unidos custa 4,79 dólares.

 

Valor médio das passagens (ida e volta a partir de São Paulo e trechos internos): R$ 3.138 por pessoa
Gasto médio diário com alimentação, atrações e transporte: R$ 75 por pessoa

 

Viagem boa e barata: Cidade do México, Puebla e Oaxaca, México

 

viagem boa e barata: méxico
Cidade do México, México

 

Além do conhecido caos da capital, das cores fortes e dos sabores ardidos, há um México colonial, cheio de tesouros históricos, pátios gostosos, pracinhas e belas fachadas.

Localizada a 442 km da Cidade do México está Oaxaca. Cidade que destaca-se pela beleza da arquitetura colonial das igrejas e edifícios de seu centro histórico. Com temperatura amena o ano todo, a cidade recebe turistas de várias partes do mundo. As atrações são próximas ao centro e o visitante pode conhecer os principais pontos de Oaxaca a pé.

Fundada pelos espanhóis no século 16, Puebla mantém seu jeitinho interiorano a despeito de ser a casa de 1,5 milhão de pessoas. Seu gracioso centro histórico soma mais de 70 igrejas. Entre elas a Catedral, na praça principal, e o Templo de Santo Domingo, do século 17, todo recheado de ouro.

 

Valor médio das passagens (ida e volta a partir de São Paulo): R$ 2.173 por pessoa

Gasto médio diário com alimentação, atrações e transporte: R$ 83 por pessoa

 

Viagem e boa e barata: Moscou e São Petersburgo, Rússia

 

viagem boa e barata: rússia
Moscou, Rússia

 

Por incrível que pareça, a sede da Copa do Mundo de 2018 é uma viagem boa e barata! Um passeio pela Praça Vermelha, pelo Kremlin e pela Catedral de São Basílio – aquela famosa, das cúpulas coloridas – uma tarde inteira dedicada ao museu de arte Hermitage, um delicioso prato de estrogonofe em um típico restaurante local e, para fechar com chave de ouro, uma noite inesquecível nos famosos teatros Bolshoi e Mariinsky (antigo Kirov).

Atrações como estas, e muitas outras, estão reunidas nos guias de Moscou e São Petersburgo, duas cidades da Rússia pra lá de charmosas e repletas de opções.

À primeira vista, Moscou pode intimidar como destino de viagem. Especialmente se comparada a cidades bem mais tradicionais no turismo, como Paris e Londres. No entanto, ao desembarcar na capital da Rússia é bem provável que essas primeiras impressões fiquem em segundo plano diante de uma cidade extremamente vibrante, com bagagem histórica gigante e onde o número de turistas só tem aumentado a cada ano.

Quanto a São Petersburgo, basta uma breve caminhada pela chamada Veneza do Norte e é possível perceber o quanto o czar russo (Pedro, o Grande) se empenhou na construção desta, que se tornou a primeira cidade moderna da Rússia.

 

Valor médio das passagens (ida e volta a partir de São Paulo e trechos internos): R$ 3.481 por pessoa

Gasto médio diário com alimentação, atrações e transporte: R$ 68 por pessoa

 

Infelizmente é necessário ter dinheiro para viajar, felizmente é preciso muito menos do que você imagina! Planeje, programe-se e você verá como é possível viajar todos os anos.

 

Tags

Continue a leitura

A viagem perfeita, conteúdo exclusivo

Faça parte de um grupo seleto que viaja todo ano. 50.000 pessoas recebem nossas dicas gratuitamente.

Respeitamos sua privacidade. Você está 100% seguro!

Não encontrou o que estava procurando?

Copyright © SBTUR Viagens S.A. | Todos os direitos reservados. | Feito com ❤ em Floripa