Conheça as cidades mais visitadas do Paraná!

 

O Paraná está localizado ao norte da Região Sul. Da qual é o único a ter área limítrofe com estados de outras regiões. Em seu território abriga cidades com belezas surreais, muito semelhantes ao continente europeu. Sem perder a essência brasileira, claro!

 

Curitiba

Neste Natal Premiado, conheça Curitiba
commons.wikimedia.org

 

A qualidade de vida oferecida pela capital paranaense faz de Curitiba um destino repleto de facilidades e atrações para os turistas. O bem-estar dos moradores é convertido em excelentes serviços para os visitantes, que encontram hotéis confortáveis, bons restaurantes, intensa agenda cultural e mobilidade de sobra para conhecer os cartões-postais, sempre emoldurados por bosques e praças. A sinalização eficiente e os meios de transportes modernos garantem circular por belas e inusitadas construções, como o Teatro Ópera de Arame, o Jardim Botânico e o Museu Oscar Niemeyer, além dos parques, como o Barigui, ponto de encontro de famílias e atletas nos finais de semana.  

Apesar dos aspectos futuristas que envolvem a capital paranaense, Curitiba guarda muitas características de uma cidadezinha do interior – influência das imigrantes europeus, que ainda hoje mantém suas raízes e deram de presente para a metrópole uma bela diversidade cultural, que se espalha da arquitetura à boa mesa, passando pelos costumes e tradições.

 

 

Foz do Iguaçu

 

Neste Natal Premiado, conheça Foz do Iguaçu
commons.wikimedia.org

 

Com uma das molduras naturais mais bonitas do mundo, Foz do Iguaçu é praticamente uma Torre de Babel. Além dos brasileiros, argentinos e paraguaios que dividem a região da Tríplice Fronteira, a cidade é visitada por gente dos mais diversos cantos do planeta. Atraídos pelas cataratas do rio Iguaçu, um conjunto de 275 quedas d’água que chegam a 90 metros, os turistas encantam-se não somente com o visual, mas com as diversas maneiras de apreciá-lo.

Dentro do Parque Nacional, tombado como Patrimônio da Humanidade e uma das Sete Novas Maravilhas da Natureza, as opções são os mirantes e as passarelas. Nos arredores, há passeios de barco e helicóptero, caminhadas e rafting, sempre com as cataratas como pano de fundo. Parte da reserva pertence à Argentina e vale a pena cruzar a fronteira para descobrir os encantos do lado dos hermanos – é lá que fica a Garganta do Diabo, um dos saltos mais impressionantes.

 

Guaratuba

 

Neste Natal Premiado, conheça Guaratuba
pixabay

 

Com 22 quilômetros de orla, Guaratuba oferece boa infraestrutura de serviços e de lazer, mas não perdeu o clima de vila de pescadores. É comum observar rústicas embarcações colorindo as praias de águas transparentes, em especial a de Caieiras, onde há uma colônia e a pesca é praticada diariamente.

Na alta estação, o burburinho se concentra na praia Central. O mar calmo e a localização atraem banhistas de todas as idades. Já Brejatuba, a dois quilômetros, é ponto de encontro da turma do surf. De mar aberto, tem boas formações e uma bela vegetação natural. Não raro, é sede para campeonatos estaduais.  

Um passeio imperdível na região é o de barco pela Baía de Guaratuba. Com status de Área de Proteção Ambiental, reúne rios, ilhas, mangues e vegetação típica. A paisagem especial ganha contornos ainda mais estonteantes na hora do pôr do sol. O roteiro mais concorrido é o que leva ao Salto do Parati, uma agradável cascata que forma uma imensa piscina natural. Para chegar à queda é preciso caminhar por uma trilha repleta de pássaros, antigas construções, ponte pênsil e muitas plantas nativas.

 

Londrina

 

Neste Natal Premiado, conheça Londrina
pixabay

 

A segunda maior cidade do Paraná se destaca pelos bons serviços, áreas verdes, universidades e trânsito organizado. De olho no turismo, vem ganhando hotéis novinhos de grandes redes que lotam durante o Festival Internacional de Londrina. O evento de teatro acontece em junho e é considerado um dos mais importantes do gênero no país. Reunindo mais de cem mil pessoas entre espectadores e artistas nacionais e estrangeiros. Os espetáculos são realizados em diferentes pontos da cidade, incluindo praças, parques, penitenciárias e favelas.

A natureza privilegiada também chama a atenção em Londrina, fazendo da cachoeira Salto do Apucaraninha um dos cartões-postais da cidade. Um mirante panorâmico descortina a beleza do salto, de 118 metros de altura. A queda fica a 80 quilômetros do Centro, sendo 20 quilômetros em estrada de terra.

O ponto de encontro – e de referência urbana – dos londrinenses é o lago Igapó. Perfeita para a prática de atividades náuticas, a área oferece também ciclovia, pista de Cooper, jardins projetados por Burle Marx, chafariz, cascata e teatro.  Vale visitar o Museu Histórico Padre Carlos Weiss, que ocupa o belo prédio da antiga Estação Ferroviária de Londrina. De arquitetura inglesa, o espaço guarda a memória dos tempos áureos da cafeicultura na região – até os anos 70, o produto era a base da economia da cidade.

 

Paraná é um dos destinos mais visitados no brasil. Você já escolheu qual cidade ir? Viaje todos os anos com o SBTUR!

 

 

Tags

Continue a leitura

A viagem perfeita, conteúdo exclusivo

Faça parte de um grupo seleto que viaja todo ano. 50.000 pessoas recebem nossas dicas gratuitamente.

Respeitamos sua privacidade. Você está 100% seguro!

Não encontrou o que estava procurando?

Copyright © SBTUR Viagens S.A. | Todos os direitos reservados. | Feito com ❤ em Floripa