8 passos essenciais para planejar sua viagem pela América do Sul

Como tudo na vida, o planejamento de uma viagem é essencial. Com um bom planejamento da sua viagem pela América do Sul, será possível prever problemas, evitar contratempos, economizar e garantir uma experiência agradável e inesquecível. E nada de desistir de fazer esse planejamento só porque ele parece complicado ou trabalhoso!

Se você pensa assim, vamos te dar algumas dicas para transformar esse processo em algo mais fácil e breve – especialmente para você que tem uma viagem pela América do Sul na cabeça.

 

Viagem pela América do Sul - Mendoza na Argentina
Mendoza na Argentina

 

1. Passagens e hospedagem

É bem provável que você já tenha um destino em mente. Falta apenas começar a empreitada de chegar até lá! Independente se você queira ir aos Andes, à terra dos Incas, Galápagos, às praias do Brasil ou visitar tudo em uma ida só, é preciso pesquisar preços de passagens e hospedagens e agendá-las! Para seguir este passo da maneira mais assertiva possível, conte com a ajuda de agentes de viagem profissionais, como os nossos, e explique tudo o que quer e qual é o seu orçamento.

Com essa ajuda especializada, você garante melhores preços e evita imprevistos como reservas de hotéis não feitas, quartos de tamanho errado e outras dores de cabeça tão comuns quando se planeja uma viagem “de qualquer jeito”.

Além das vantagens já mencionadas, quer coisa melhor do que ter tudo pronto entregue a você, sendo que tudo o que você precisará fazer são as malas?

 

 

Viagem pela América do Sul - Quito no Equador
Quito no Equador

 

2. Separe a documentação

A maioria dos países da América do Sul não exige um visto específico ou apresentação de passaporte por parte dos brasileiros, basta apresentar o RG emitido há menos de 10 anos (vale lembrar que a CNH não é aceita). Porém, se o seu roteiro inclui os seguintes países, é preciso ter atenção:

• Suriname
• Guiana
• Ilhas Maldivas
• Guiana Francesa

 

 

Para passar da fronteira desses quatro países, você precisa ter o passaporte em mãos. No caso da Guiana Francesa, é preciso ainda tirar um visto, já que ela é um território da França. O visto pode ser emitido no próprio desembarque, mas certifique-se de que você tem em mente e em mãos todas as informações que podem ser questionadas na entrevista de imigração, como, por exemplo, informações de estadia, objetivo com a viagem, quantia em dinheiro que você tem disponível e, claro, documentos pessoais e passaporte.

Percebeu como separar a documentação é uma importante parte do planejamento de uma viagem? Se o seu RG tiver mais de 10 anos, por exemplo, você vai precisar emitir um novo. Se o seu roteiro inclui esses quatro últimos países e você não tiver um passaporte, será necessário emitir um com antecedência. Então esteja certo de que tudo isso foi organizado antes de seguir viagem.

 

Viagem pela América do Sul - Ilha do Sol - Lago Titicaca na Bolívia
Ilha do Sol – Lago Titicaca na Bolívia

 

3. Vacinas para a América do Sul

Mesmo dentro do Brasil, a vacinação contra a febre amarela é recomendada, principalmente na região norte, onde o clima é mais quente e úmido, o que favorece a proliferação de insetos transmissores da doença. Não é diferente com outros países da América do Sul, por isso, é importante checar a obrigatoriedade ou a recomendação de vacinação antes de fazer as malas.

Países como Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai não exigem a vacinação em dia. No Peru, por exemplo, a carteirinha de vacinação atualizada não é obrigatória, mas é recomendada.

Se você optar por um local que exige a vacinação atualizada, lembre-se que ela deve ser aplicada pelo menos 10 dias antes da viagem. Após tomar a vacina é preciso levar um documento de identidade e a carteira de vacinação até um Centro de Orientação de Viajantes para a emissão do certificado.

 

Viagem pela América do Sul - Deserto do Atacama no Chile
Deserto do Atacama no Chile

 

4. Pesquise sobre o destino

Pesquisar sobre o destino de viagem também é muito útil e ajuda a evitar imprevistos. Faça uma lista de itens que devem ser checados para deixar a sua viagem mais confortável como clima, moeda aceita, melhores regiões para hospedagem, formas de locomoção, dicas de passeio, costumes…Todas essas características vão te auxiliar para o próximo passo do planejamento, que é…

 

 

Viagem pela América do Sul - Ilha de Margarida na Venezuela
Ilha de Margarida na Venezuela

 

5. Faça um roteiro

O planejamento de um roteiro deve começar amplo, para depois se afunilar em passeios mais específicos. Se você quer viajar pela América do Sul, mas ainda não sabe bem para onde, vamos te dar uma mão:

a) Sul da Patagônia – Chile e Argentina
Ideal para aventureiros que gostam de escalar, andar de bicicleta e fazer trilhas “off-road”.

b) Território Inca – Bolívia e Peru
Para quem aprecia um bom território histórico, com ruínas antigas, forte cultura e culinária indígena e trilhas curtas com belas vistas.

c) Vulcões – Equador e Galápagos
Ideal para os apreciadores da natureza, vida selvagem e linhas de trem charmosas no meio da “selva”.

d) Costa verde: as praias do Brasil
Mesmo sendo brasileiro, nada impede que um roteiro nacional seja incluso em sua viagem pela América do Sul. Nesse caso, turistas amantes da praia, arquitetura colonial e da boa culinária brasileira, vão adorar.

e) Vida selvagem – Colômbia
A Colômbia é conhecida, também, pela variedade de espécies de pássaros em suas regiões florestais. Além disso, devido ao relevo montanhoso, as cidades grandes do país costumam ter vistas deslumbrantes.

f) Cultura e aventura – Suriname e Guianas
O Suriname e as Guianas são os países menos visitados da América do Sul, mas não menos interessantes. Com cultura e histórias não-hispânicas distintas, os destinos costumam dar muito o que falar.

g) Pampas e compras – Paraguai e Argentina
A gastronomia e a cultura gaúchas são muito presentes no Paraguai e na Argentina. Além de conhecê-las, algumas cidades do Paraguai possuem ótimas oportunidades de compras, sobretudo as cidades que fazem fronteira com o Brasil.

h) Praias – Uruguai
Assim como o Brasil, o Uruguai possui praias lindas em seu litoral. Para os amantes do mar, vale a pena incluir o país no roteiro.
É claro que a América do Sul não para por aí. Por isso, também, que é importante pesquisar sobre os destinos – vários outros roteiros podem surgir nessa pesquisa.

 

 

Viagem pela América do Sul - Praça das Armas em Cusco no Peru
Praça das Armas em Cusco no Peru

 

6. Pesquisa sobre passeios que quer fazer

Nada pior do que ir fazer um passeio com toda a ansiedade do mundo e chegar ao local para dar de cara com a porta, não é? Para não correr esse risco, selecione os passeios que mais quer fazer e tome conhecimento dos horários de funcionamento, dos meios de transporte até lá, quais são as restrições e exigências e chegue preparado para não perder nada.

 

 

Viagem pela América do Sul - Praia del Este no Uruguai
Praia del Este no Uruguai

 

7. Defina como levará o dinheiro

Verifique o tipo de pagamento que são aceitos nos locais. Em destinos que recebem muitos turistas, como Buenos Aires e Santiago, você pode optar entre levar dólares, converter reais para a moeda local, ou usar o próprio real em alguns estabelecimentos. Os países latinos da América do Sul não costumam usar cartões de crédito e débito – poucos estabelecimentos possuem a máquina para isso, por isso, é recomendável que se leve dinheiro vivo. E claro, com dinheiro vivo na carteira, a atenção deve ser redobrada: nunca saia do hotel com muito mais dinheiro do que você irá precisar.

Para garantir a segurança, compre um porta-dólar – acessório para transportar dinheiro e documento próximos ao corpo. Isso evita perdas e furtos.
Durante o planejamento, pesquise casas de câmbio para trocar o dinheiro. Se você preferir, pode fazer o câmbio ainda no Brasil ou nas agências que ficam no aeroporto/rodoviária/estação de trem.

 

Viagem pela América do Sul - Cartagena na Colômbia
Cartagena na Colômbia

 

 

8. Fique atento ao limite de bagagem

Com todo o planejamento da viagem definido, chegou a hora de fazer as malas e embarcar! Mas fique atento à quantidade e ao limite de peso para não ter que pagar tarifa extra por excesso de bagagem. Nos voos para a América do Sul, cada pessoa tem direito a uma mala com até 20 kg que será despachada e uma mala de mão que irá na cabine.

Seguindo os passos acima ficará mais fácil planejar sua próxima viagem! E conte sempre com a gente para torná-la perfeita!

 

 

Fique mais próximo da viagem dos seus sonhos. Conheça o Plano de Viagens SBTUR!

QUERO VIAJAR

Continue a leitura

A viagem perfeita, conteúdo exclusivo

Faça parte de um grupo seleto que viaja todo ano. 50.000 pessoas recebem nossas dicas gratuitamente.

Respeitamos sua privacidade. Você está 100% seguro!

Não encontrou o que estava procurando?

Copyright © SBTUR Viagens S.A. | Todos os direitos reservados. | Feito com ❤ em Floripa